Mulher de fases… qual é a sua?

No Dia da Mulher paramos para receber abraços, flores, e paramos para pensar também.

Se somos tão maravilhosas assim, porque continuamos a nos sentirmos culpadas por estarmos longe dos filhos, longe de sermos modelos, longe do peso ideal, longe de seguir a dieta ideal.

Precisamos sim, parar e olhar para nós mesmas e perceber que cada momento damos o melhor de nós e que tudo o que é feito com amor é reconhecido e apreciado.

Vamos usar rosa, azul ou a cor que nos faz felizes, mas vamos sair por aí agradecendo os abraços e também fazendo nossa história.

Se somos meninas tentamos seguir o exemplo de nossa mãe, se somos mocinhas tentamos criar uma nova identidade, se somos adultas precisamos cuidar dos outros, se somos mais maduras voltamos a olhar para o que sobrou de nós. A cada fase as necessidades mudam, os prazeres mudam e precisamos buscar no essencial, que é o combustível do nosso corpo a energia para cada fase seguinte.

Fase I – Menina

Nesta fase a menina precisa de muita energia, por isto, é importante que a gente ofereça sempre vitaminas e saís minerais.

Receitinha de Vitamina de Morango

1 copo de leite desnatado

8 morangos limpos e congelados

1/2 banana coitadinha e congelada

Pronto, é só bater tudo no liquidificador.

Fase II – Adolescente

Na adolescência, a mocinha começa perceber que precisa voltar a comer as frutas e legumes que deixou de comer por algum motivo. Por isto é importante manter em casa alimentos naturais e saborosos para evitar que a adolescente vá buscar na propaganda e na internet alimentos industrializados e milagrosos que possam oferecer a identidade com o novo corpo que cria formas.

Receitinha de Sanduíche Natural

2 fatias de pão integral light

1 fatia grossa de ricota amassadinha com requeijão light, cenoura, pepino picadinhos

Alface e tomate

Pronto, é só abrir as fatias, colocar a pastinha de ricota e cobrir com alface e tomate, colocar a outra fatia de pão e embalar em filme plástico. Colocar na geladeira, este lanche dura até três dias em refrigeração, deixe vários destes prontos, a mocinha da casa pode chegar em casa com fome e servir-se a vontade, ao invés de pegar biscoitos prontos. Esta também é uma boa opção para levar de lanche para a escola ou academia.

Fase III – Adulta

Até os 35, tudo bem, a gente se divide entre estudos, trabalho, casa e filhos, sobra tão pouco tempo para cuidarmos de nós… Mas aí vem a facilidade das saladas coloridas, sempre tão necessárias para nos dar as fibras e vitaminas que precisamos para manter o pique.

Receitinha de Salada Colorida

1 prato de mix de folhas raspadinhas ( alface americana, alface crespa, rúcula, agrião, etc…)

6 tomatinhos cereja cortados ao meio

1 pepino japonês cortado em rodelinhas finas

1 cenoura pequena cortada em fios

1 colher de sopa de uva passa

1 fatia de ricota cortada em quadradinhos ( pode ser grelhadinha com gergelim)

1 colher de sopa de castanhas de caju

Molhinho feito de 3 colheres de iogurte natural marido com orégano, sal do Himalaia e pimenta branca

Muito fácil, é só misturar todos os ingredientes em um bowl e servir. Rápido, você não tem desculpa para sentar e fazer uma refeição completa e leve.

Fase IV – Madura

Mais uma fase para a mulher conhecer e se reconhecer. Muitas coisas mudam em seu corpo, a massa magra insiste em dar adeus, as gordurinhas insistem em querer achar espaço em nossa cintura, o sono parece querer fugir, além da guerra hormonal que assistimos todo o dia em nosso corpo. Nesta fase a mulher precisa se preocupar em repor o cálcio e escolher alimentos leves e nutritivos.

Receitinha de Omelete Funcional

2 ovos

1 fatia de ricota coitadinha em cubos

1 colher de chá de alho

1 colher de sobremesa de alho poró

1 xícara de brócolis picadinhos

Em uma frigideira colocar um fio de azeite de oliva e saltear os alhos e os brócolis.

Bater os ovos com um pouquinho de leite desnatado, temperando com sal rosa e pimenta cinco bayas. Colocar na frigideira, colocar a ricota, baixar o fogo, tampar.

Assim que estiver dobradinha, pode servir.

A cada fase uma necessidade, e para cada uma delas a nutrição e a gastronomia poderão lhe auxiliar com maestria!

Feliz Dia da Mulher!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Volta às aulas, Volta ao Trabalho, e agora?

O brasileiro passa por um período de despreocupação entre o Natal e o Carnaval.

São festas, férias e folia… Quando tudo acaba, a volta a realidade é cruel, contas a mais, quilos a mais, geram uma ansiedade em relação ao ano que realmente começa ali.

Retornar às aulas e ao trabalho requer o cuidado com a agenda, tentando deixar tempo para o estudo, para o trabalho, para as atividades físicas e, principalmente, para uma boa alimentação. 

Aí vão umas dicas infalíveis para retomar sua rotina:

1-Organize um cardápio para os seus lanches e refeições, cheio de alimentos saudáveis, eles vão lhe dar a energia que você precisa 

2- Faça as compras, baseadas no seu cardápio: frutas, verduras e legumes 🍅 

3- Prepare seus lanches ou para o seu filho à noite, embale em vitafilme e guarde na geladeira, de manhã você não vai precisar se preocupar com atrasos.

4- Lembre-se: o café da manhã é o combustível que dá partida ao motor do seu dia-a-dia, capriche nele. Vitaminas, iogurtes, sanduíches 🥪 e frutas  🍇 são uma boa opção. Nunca saia de casa com o estômago vazio.

5- Não tenha vergonha de levar o seu lanche saudável, ele vai evitar que você belisque guloseimas durante a manhã e a tarde, além de diminuir seu apetite para o almoço 🍴 e jantar 🥘 

6- Para o almoço, coloque no prato sempre muita salada🥗 colorida, um carboidrato e uma proteína, e não terá erro, seu prato estará equlibrado.

7- E não esqueça: água, muita água para mantê-lo hidratado o dia todo. 

Assim, você ou seu filho estarão prontos para o ano letivo e de trabalho que inicia.

E lembre-se: organização é o segredo do sucesso dos seus objetivos!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Ora-pro-nobis, você sabe o que esta plantinha pode fazer por você?

Uma plantinha que poucos conhecem, vinda da América do Norte, tem sua tradução do latim como “rogai por nós”.

O cultivo desta planta é muito fácil, no jardim, no vaso, em qualquer lugar ela cresce com um brilho incrível.

Rica em proteínas e vitaminas, tem sido uma fonte de alto valor nutricional e muito apreciada pelos veganos e vegetarianos.

Esta planta nos presenteia com flores e frutos.

CHÁ

Suas folhas, colocadas em água quente e deixadas em infusão por dez minutos, podem aliviar processos inflamatórios e circulatórios, sendo bem interessante seu uso para varizes, úlceras ou cistites.

VITAMINAS

Rica em vitamina C e A, pode fortalecer o sistema imunológico e também é ótima para os olhos e doenças de pele. É só colocar uma folhinha no seu suco matinal.

SAIS MINERAIS

Por ser muito rica em ferro e ácido fólico, é excelente para prevenir a anemia. 

PROTEÍNA

Cerca de 25% da planta é composta por proteína. Um omelete de ora-pro-nobis pode garantir a sua proteína diária, vale muito a pena.

CULINÁRIA

Você pode plantar a ora-pro-nobis na sua janela, ela fica tipo uma trepadeira, vai colhendo suas folhas e pode usar em saladas, refogados, sopas e em qualquer prato pois ela não tem sabor picante ou amargo. 

Vamos lá, abra sua mente e comece a colocar mais saúde em sua vida!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA