Cogumelos, uma fonte de proteínas e sabor!

Algumas pessoas tem medo de comer cogumelos.

Outras tem receio de não saber prepará-los.

Outras amam! E adoram investir novas versões para este vegetal tão saudável. Me encaixo neste último grupo.

Amo preparar cogumelos recheados, brusquetas de cogumelos, ragu de cogumelos, risoto de vários tipos de cogumelos, uma infinidade de preparações podem colocar este super alimento em sua mesa e em sua vida.

Ele é  uma ótima fonte de proteína, contém os  aminoácidos: arginina, glutamina e  lecitina. Possui pouca gordura  e ricos em fibras. Um alimento super nutritivo, com alto valor nutricional  e com um sabor incrível.

Muitos estudos  mostram uma melhora na pressão  arterial em função dos sais minerais que ele possui. Para vegetarianos, ele pode ser a estrela da dieta pela quantidade de proteínas.

Vitaminas do complexo B, ácido fólico, triptofano, selênio, cobre, potássio, fósforo, zinco, manganês, magnésio, ferro, cálcio e fibras estão presentes nos cogumelos. Fonte de antioxidantes, ele fortalece o sistema imunológico. O cogumelo contém pouquíssimo sódio.

Há  vários tipos de cogumelos, segue alguns deles e seus benefícios.

Pode ser champignon, shitake, shimeji, funghi ou cogumelo paris, qualquer um deles vai render boas receitas. 

Uma receitinha que eu amo!

BRUSQUETAS DE COGUMELOS FRESCOS

Ingredientes

1 pão de fermentação natural cortado em fatias de 1 cm

300 grs de cogumelos Paris pequenos cortados em fatias finas

1 colher de alho picado

2 colheres de molho shoyu

1 pitada de pimenta-do-reino branca

1 pitada de sal rosa

1 pitada de alecrim fresco

1 colher de requeijão light

1 colher de azeite de oliva

Modo de Preparo

Colocar as fatias de pão em uma assadeira em fogo baixo.

Em uma frigideira cerâmica, colocar o azeite, o alho e os cogumelos.

Quando este amolecerem, colocar o sal, a pimenta, o alecrim  e o molho shoyu.

Para finalizar, colocar o requeijão light, dá um toque aveludado no preparo.

Retirar as fatias do pão do forno, cobrir com os cogumelos e para dar um sabor todo especial, pode colocar fatias de queijo Brie e lascas de queijo grana padano. Levar ao forno mais alguns minutinhos par o queijo derreter. E voilà, estão prontas as maravilhosas brusquetas!

Bom Apetite! Bon Appétit! Buon Appetito! Enjoy Your Food!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Caqui, você conhece os benefícios desta fruta?

Um grande pé de caqui dividia a minha casa de infância da casa de meu avô. Meu prazer era observar pela janela da cozinha as pequenas bolinhas brilhantes que iam aparecendo na grande árvore todos os anos. O caqui é uma fruta de cor laranja avermelhada conhecida por seu seu sabor adocicado e semelhança ao tomate. Ele pode ser consumido fresco, seco ou cozido e é comumente usado em geleias, bebidas e doces. Mas o que muita gente não sabe é que ele pode trazer muitos benefícios para a saúde, como reduzir a inflamação, prevenir doenças cardiovasculares e fornecer antioxidantes.

A fruta de cerca de 150 gramas contém:

  • Calorias: 118
  • Carboidratos: 31 gramas
  • Proteína: 1 grama
  • Gordura: 0,3 gramas
  • Fibra: 6 gramas
  • Vitamina A: 55% da IDR
  • Vitamina C: 22% da IDR
  • Vitamina E: 6% da IDR
  • Vitamina K: 5% da IDR
  • Vitamina B6 (piridoxina): 8% da IDR
  • Potássio: 8% da IDR
  • Cobre: 9% da IDR
  • Manganês: 30% da IDR

O caqui também contém  tiamina (B1), riboflavina (B2), folato, magnésio e fósforo. Ele é rico em fibras e pouco calórico, o que o torna um aliado na prevenção da obesidade.

Imunidade

Importante para a função imunológica e visão , um caqui contém mais da metade da ingestão recomendada de vitamina A. Além de vitaminas e minerais, o caqui contém uma grande variedade de compostos vegetais, incluindo taninos, flavonoides e carotenoides, que têm função antioxidante, anti-inflamatória e podem prevenir doenças crônicas.

Rico em Fibras

Alimentos ricos em fibras solúveis, como o caqui, retardam a digestão de carboidratos e a absorção de açúcar, o que ajuda a evitar picos de açúcar no sangue.

Além disso, as fibras ajudam a alimentar as “boas” bactérias do intestino, o que pode impactar positivamente sua saúde digestiva e geral e caracteriza a fruta como um alimento prebiótico.

Antioxidantes

Os antioxidantes são substâncias que ajudam a prevenir ou retardar o dano celular, neutralizando o estresse oxidativo, um processo desencadeado por moléculas instáveis chamadas de radicais livres. O estresse oxidativo tem sido associado a certas doenças crônicas, incluindo doenças cardíacas, diabetes, câncer e condições neurológicas, como a doença de Alzheimer. Dietas ricas em flavonoides encontrados em altas concentrações na casca e na polpa desta fruta, têm sido associadas a menores taxas de doenças cardíacas, declínio mental relacionado à idade e câncer de pulmão. A fruta é rica é rico em antioxidantes carotenoides como o beta-caroteno, um pigmento encontrado em muitas frutas e vegetais coloridos.

Anti-inflamatório

Doenças como artrite, diabetes, câncer e obesidade estão todas ligadas à inflamação crônica. Felizmente, a escolha de alimentos ricos em compostos anti-inflamatórios pode ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento dessas doenças.

O caqui é uma excelente fonte de vitamina C, contendo 20% da ingestão diária recomendada. A vitamina C ajuda a proteger as células dos danos causados pelos radicais livres combatendo a inflamação. Ela atua por meio da doação de um elétron para as moléculas instáveis, neutralizando os radicais livres e impedindo-os de causarem danos.

Receitinhas com Caqui

Creme de caqui orgânico 

Ingredientes:

2 caquis 

2 colheres de leite em pó desnatado

2 colheres de sobremesa de semente de chia

1 colher de sobremesa de linhaça dourada

Modo de preparo:

Bater no liquidificador para criar um tipo de mousse. 

Servir em tacinhas.

Suco de caqui com limão 

Ingredientes:

1 caqui

Suco de um limão

1/2 copo de água

Canela em pó

Modo de preparo:

Bater no liquidificador e servir. 

Rico em antioxidantes e vitamina C podem ajudar a melhorar a sua imunidade.

Bom Apetite! Bon Appétit! Buon Appetito! Enjoy Your Food!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Abacate, afinal, engorda ou emagrece?

Nem um, nem outro. O abacate é uma fruta maravilhosa, muito versátil na gastronomia. Combina com pratos salgados, como torradas e saladas, além de fazer parte de vitaminas, shakes e até sobremesas no Brasil. Mas, mesmo assim, as pessoas perguntam: o abacate engorda ou emagrece?

A ciência vem mostrando que os benefícios da fruta são muitos. Veja quais são eles:

O abacate é rico em nutrientes importantes, como fibras. Ainda não há um consenso científico sobre os reais efeitos do abacate na perda de peso. É uma fruta calórica, mas que também contém fibras, vitaminas e gorduras de boa qualidade na sua composição. Se associado a uma dieta equilibrada, ele pode sim fazer parte do cardápio de quem está buscando perder peso. Inclusive por conter gorduras, o consumo pode estar associado à maior sensação de saciedade. Portanto,  o ideal é sempre o equilíbrio alimentar.

O abacate contém compostos bioativos chamados fitoesteróis. E dietas ricas nesse componente podem levar à redução do colesterol total e do colesterol LDL, conhecido como mau colesterol. 

Mas, é uma fruta calórica, meio abacate tem cerca de 200 gramas, o que representa 360 calorias. Como o hábito do brasileiro é usá-lo com açúcar, leite condensado, leite em pó entre outros ingredientes, a porção fica extremamente calórica. Bom para atletas, crianças, adolescentes e idosos que precisam de energia. 

Assim, como todos os alimentos, o abacate pode engordar ou emagrecer, tudo depende da quantidade e dos ingredientes que você colocar para combinar com ele… Acredite.

RECEITINHA DE CREME DE ABACATE LEVINHO

INGREDIENTES

  • 1 pote de iogurte natural 
  • 1/2  abacate maduro
  • 1 colher (sopa) de caldo de limão
  • 2 colheres (sopa) de água filtrada
  • 1 colher (sopa) de açúcar light (opcional)

FAVORITAR

MODO DE PREPARO

1. No liquidificador, junte o iogurte, o abacate sem a casca, o caldo de limão e a água. Bata por cerca de 3 minutos até formar um creme liso (se desejar uma consistência mais leve, adicione mais água aos poucos).

2. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar. Sirva em tacinhas. 

Bom Apetite! Bon Appétit! Buon Appetito! Enjoy Your Food!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA