Reeducação Alimentar, a Arte da Nutrição

Um bom tema para falar, às vésperas do Dia do Nutricionista.

Por mais que estes profissionais se esforcem para criar novos pratos, ensinar novas receitas, vejo, em mais de três décadas dedicadas a Nutrição, que os profissionais da saúde estão tentando fazer com que as pessoas voltem o seu olhar para o normal, o ecológico, o sustentável, ou seja, a comida de verdade.

As pessoas chegam ao consultório pedindo por: emagrecer, engordar, baixar o colesterol, baixar a glicose, mas em todas as situações voltamos a reeducação alimentar.

Reensinar as pessoas a comerem frutas, verduras e legumes.  Diminuirem a ingestão de doces, bebidas e comidas industrializadas. Fazer uma hortinha.

Reeducação alimentar é o ato de modificar os hábitos e comportamentos alimentares.

Podem mudar os nomes, as propostas, a mídia ao redor do tema, mas o que importa é a mudança de hábitos, é a moderação na escolhas dos alimentos.

Equilíbrio, acima de tudo.

Esta é a função do nutricionista, adaptar a nutrição às condições do paciente e os seus objetivos de vida. 

Aí vão algumas dicas:

  • Hidrate-se, de um a 2 litros por dia, é o básico.
  • Líquidos, sempre fora das refeições.
  • Tranquilidade na hora da refeição, com a atenção voltada para os alimentos que você escolheu, é mais difícil de errar.
  • Evitar alimentos industrializados, extremamente processados.
  • Cozinhe em casa, é mais fácil de administrar seus cardápios.

E lembre-se: muita cor no seu prato! Frutas, verduras e legumes dão cor a sua alimentação e saúde para sua vida.

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Por que você come tanto doce?

Muitas pessoas chegam ao consultório perguntando: Qual é o melhor adoçante? Qual é o melhor açúcar?

São tantas informações que estão no mercado que as pessoas ficam confusas. Minha resposta é sempre: nenhum.

O café tem que ter gosto de café, não de açúcar. O chá tem que ter gosto de chá. O suco tem que ter o gosto da fruta.

Ah, mas e se eu quiser fazer um doce? Aí podemos ver várias possibilidades:

Açúcar mascavo 

O açúcar mascavo é açúcar integral, o mais próximo do caldo original da cana, por isso, apresenta maiores níveis de cálcio, ferro e cobre que os demais açúcares. Pode ser usado em bolos, biscoitos e tortas.

Açúcar branco e refinado 

Esse açúcar apresenta cerca de 99,8% de sacarose, sendo o açúcar em sua forma mais refinada, contém poucos nutrientes, como fibras e minerais. Geralmente não é a melhor opção. 

Adoçantes industriais 

Há décadas atrás surgiu a sacarina, depois o aspartame, e depois tantos outros substitutos de açúcar prometem dar saber a sua vida. Mas junto com o sabor doce e poucas calorias, vem muitos malefícios a sua saúde. Muitos estudos apontam para a desregulação endócrina ou mesmo alterações neurológicas. Opções como a stevia ou a sucralose podem ser estudadas, mas sempre utilizar o mínimo possível.

Açúcar demerara 

O queridinho das redes sociais, o açúcar demerara é o substituto mais fácil ao açúcar refinado, tem o gosto muito próximo ao açúcar refinado, ele só não passa pelo processo de de branqueamento. Tem menos químicos, mas também é pobre em sais minerais. Também deve ser usado com moderação. 

Açúcar de coco 

O açúcar de coco é mais escuro, mantém as vitaminas e sais minerais, e é obtido através do néctar das flores da palma de coco. Contém inulina, uma importante fibra prébiótica, que além de reduzir o índice glicêmico, também é benéfica para o intestino. Mas tem um forte sabor característico de coco. 

Xylitol/Eritritol 

São adoçantes naturais extraídos das fibras de algumas frutas e vegetais. Tem um sabor bem doce e tem 40% das calorias de um açúcar. Pode ter efeito laxativo e tem um leve sabor residual. 

Muitas opções, não é mesmo? E qual o melhor? O que for consumido na menor quantidade possível.

E lembre-se: o doce não pode ser uma recompensa e nem um consolo.  Numa festa, ou em uma ocasião especial, ok. Mas no seu dia-a-dia, use frutas naturais ou secas, use granolas, elas são o suficiente para tirar de suas papilas gustativas o vício por tanto doce.

Receita de bolo? Receita de biscoitos, sim, são ótimas para o final de semana ou uma ocasião especial. Não deixe que elas contaminem a sua semana ou a de seus filhos. Vá devagar, a vida já é doce por ela mesma…

RECEITINHAS DE FRUTAS AO FORNO COMO LANCHES

BANANA COM CANELA

Pegue uma banana, arte pelo comprido com casca e tudo ( lembre de lava-la bem antes), coloque em uma travessia, polvilhe com canela e leve ao forno convencional por 10 minutinhos, um ótimo lanche, sem nenhum açúcar…

O mesmo você pode fazer com a maçã, a pera , ficam deliciosas e o calor acentua o sabor de cada uma.

Bom Apetite! Bon Appétit! Buon Appetito! Enjoy Your Food!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Bergamota ou Mexerica ou Tangerina? Tanto faz, elas estão chegando ao final da safra…

Muitas pessoas a chamam por nomes diferentes, mas o importante é que ela faz parte da mesa dos lanches de muitos brasileiros.

De sabor que se aproxima muito ao da laranja, faz parte das frutas cítricas e ajuda muito na imunidade do organismo na época de inverno e de mudanças de estacão como a que estamos.

Mais um mês e não teremos mais a opção desta fruta, então, aproveite!

Muitos outros nomes se somam a esta fruta que é tão versátil: ponkan, mandarina, laranja mimosa, todas representam esta fruta delicada e doce.

De efeito antioxidante, a fruta é rica em vitamina C, que reforça as defesas do organismo, prevenindo resfriados e outras doenças oportunistas desta época, representando o efeito antioxidante, que combate o envelhecimento precoce das células.

Uma fruta grande representa quase 50mg de vitamina C, mais da metade da recomendação diária que é de 90mg por dia.

Não tire as fibras brancas que envolvem a fruta, ela ajudam muito no funcionamento intestinal, assim como o bagaço. 

A melhor receita é sentar ao sol, com uma bacia e degustar uma fruta, gomo por gomo, lagarteando, como dizemos por aqui…

Bom Apetite! Bon Appétit! Buon Appetito! Enjoy Your Food!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA