A velha canja de galinha. Servidos?

Quem não lembra da mãe chegando com uma fumegante canja de galinha naquele dia em que a gente está ficando gripado?

Ou quando aquela comidinha não nos fez bem…

Pois é, a canja de galinha, além da ligação maravilhosa do emocional, com a mãe ou a esposa ou o maridinho preparando uma sopinha só para a gente, é um alimento maravilhoso para termos em casa nestas épocas de frio e resfriados.

A canja de galinha é considerado um dos alimentos mais antigos da humanidade. O prato começou apenas com um cozido de arroz  usado para curar doenças, aparecendo na história anos antes de Cristo.

Na Índia, chamada de “peya”, que significa “bom para beber”. Mais tarde, em uma colônia portuguesa, Goa, ficou conhecida como “cañji”, que significa arroz com água”,  e assim chegou ao Brasil.

Aqui foram adicionadas as aves, e tomou conta do paladar do império. E logo ganhou o apelido de “Sopa do Imperador”, por ser o prato preferido de D.Pedro II.

Hoje, consumimos muito a canja de galinha, no Brasil inteiro.  Dizem que faz bem para a gripe, para cólicas abdominais.

Na verdade, quando estamos gripados, é muito importante ,manter o corpo hidratado. O caldo da sopa de galinha é quente, hidratante e reconfortante.

O frango, rico em aminoácidos como a glutamina e a cisteína, auxilia no sistema imunológico, bem como vitaminas e sais minerais, ajudando na recuperação do corpo.

O arroz, chega para dar energia a quem está convalescendo, dando uma sensação de saciedade e energia para o corpo.

Os legumes que adicionamos, seja a cebola ou a cenoura são fontes de vitaminas e sais minerais.

Assim, não esqueça, tenha sempre em casa os ingredientes para uma canjinha ou mesmo guarde em potinhos congelados para quando você chegar em uma noite gelada após um dia exaustivo e deixe esta receita centenária ajudar a sua saúde…

RECEITINHA DE CANJA DE GALINHA

INGREDIENTES

  • 1 peito de frango , com osso e sem a pele
  • 1 xícara (chá) de arroz
  • 1 batata
  • 2 cenouras
  • 1 cebola
  • 2 litros de água
  • 1 colher de cha rasa de sal
  • 1 cebola com cravo e louro
  • 1 bouquet garni com salsa, cebolinha e salsão

MODO DE PREPARO

  • Encha a panela com água, coloque uma cebola com 2 cravos e corte a cebola para encaixar uma folha de louro. Coloque também o bouquet gari ( um molho de cebolinha, salsinha, salsão agarradinhos) e coloque o sal. Coloque o peito de frango e deixe ferver por 30 minutos.
  • Descasque e corte a cenoura em quadradinhos. Descasque e corte a batata em cubinhos.
  • Com uma escumadeira, retire e descarte o bouquet garni e as cebola. 
  • Coloque o arroz e a batata. Tampe e deixe cozinhar, em fogo baixo, por mais 30 minutos, mexendo de vez em quando – atenção, não deixe o arroz cozinhar demais para não ficar empapado.
  • Enquanto o arroz cozinha, retire e desfie o peito de frango e devolva a sopa.

Bom Apetite!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s