Pipoca, quem resiste?

Quem resiste ao cheirinho da pipoca estourando na cozinha?

Por ser de milho, a pipoca pode trazer muitos benefícios a saúde. No entanto, nada de colocar manteiga, óleo, sal ou açúcar demais, senão o feitiço vira contra o feiticeiro, e torna-se um lanche extremamente calórico.

Sabe aquela pipoqueira que você viu na loja virtual ou ao lado dos eletrodomésticos? Ou mesmo aquela panela pipoqueira que não vai óleo, é só colocar o grão e mexer? Estas são as ideais!

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), uma porção de 100 g de pipoca feita com óleo de soja e sem a adição de sal tem, em média, 448 kcal. Um copo americano de pipoca sem óleo tem 177 calorias.

A pipoca pode ser considerada uma boa escolha para quem deseja reduzir a sensação de fome por isto pode ser um bom lanche, mas sempre moderado.

Já as pipocas de microondas salgadas devem ser evitadas por conta do risco à saúde associado ao seu consumo frequente com a sua composição nutricional, que é rica em gorduras saturadas, trans e sódio.

O alimento é rico em fibras e antioxidantes , capriche na sua próxima receita de pipoca, lembrando que a melhor maneira de prepará-la é sem óleo e com pouco sal.

Bom lanche!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

A velha canja de galinha. Servidos?

Quem não lembra da mãe chegando com uma fumegante canja de galinha naquele dia em que a gente está ficando gripado?

Ou quando aquela comidinha não nos fez bem…

Pois é, a canja de galinha, além da ligação maravilhosa do emocional, com a mãe ou a esposa ou o maridinho preparando uma sopinha só para a gente, é um alimento maravilhoso para termos em casa nestas épocas de frio e resfriados.

A canja de galinha é considerado um dos alimentos mais antigos da humanidade. O prato começou apenas com um cozido de arroz  usado para curar doenças, aparecendo na história anos antes de Cristo.

Na Índia, chamada de “peya”, que significa “bom para beber”. Mais tarde, em uma colônia portuguesa, Goa, ficou conhecida como “cañji”, que significa arroz com água”,  e assim chegou ao Brasil.

Aqui foram adicionadas as aves, e tomou conta do paladar do império. E logo ganhou o apelido de “Sopa do Imperador”, por ser o prato preferido de D.Pedro II.

Hoje, consumimos muito a canja de galinha, no Brasil inteiro.  Dizem que faz bem para a gripe, para cólicas abdominais.

Na verdade, quando estamos gripados, é muito importante ,manter o corpo hidratado. O caldo da sopa de galinha é quente, hidratante e reconfortante.

O frango, rico em aminoácidos como a glutamina e a cisteína, auxilia no sistema imunológico, bem como vitaminas e sais minerais, ajudando na recuperação do corpo.

O arroz, chega para dar energia a quem está convalescendo, dando uma sensação de saciedade e energia para o corpo.

Os legumes que adicionamos, seja a cebola ou a cenoura são fontes de vitaminas e sais minerais.

Assim, não esqueça, tenha sempre em casa os ingredientes para uma canjinha ou mesmo guarde em potinhos congelados para quando você chegar em uma noite gelada após um dia exaustivo e deixe esta receita centenária ajudar a sua saúde…

RECEITINHA DE CANJA DE GALINHA

INGREDIENTES

  • 1 peito de frango , com osso e sem a pele
  • 1 xícara (chá) de arroz
  • 1 batata
  • 2 cenouras
  • 1 cebola
  • 2 litros de água
  • 1 colher de cha rasa de sal
  • 1 cebola com cravo e louro
  • 1 bouquet garni com salsa, cebolinha e salsão

MODO DE PREPARO

  • Encha a panela com água, coloque uma cebola com 2 cravos e corte a cebola para encaixar uma folha de louro. Coloque também o bouquet gari ( um molho de cebolinha, salsinha, salsão agarradinhos) e coloque o sal. Coloque o peito de frango e deixe ferver por 30 minutos.
  • Descasque e corte a cenoura em quadradinhos. Descasque e corte a batata em cubinhos.
  • Com uma escumadeira, retire e descarte o bouquet garni e as cebola. 
  • Coloque o arroz e a batata. Tampe e deixe cozinhar, em fogo baixo, por mais 30 minutos, mexendo de vez em quando – atenção, não deixe o arroz cozinhar demais para não ficar empapado.
  • Enquanto o arroz cozinha, retire e desfie o peito de frango e devolva a sopa.

Bom Apetite!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Cardápio em casa, o que vamos comer hoje?

O hábito de organizar a sua vida pode ajudar, e muito, na sua saúde.

Na questão de alimentação não é diferente.

Definir um cardápio semanal pode lhe poupar muitas dores de cabeça e acredite: torna as despesas da casa muito mais econômicas.

Para o café e lanches, selecione os alimentos que você e sua família mais gostam e tente não fugir muito de frutas, pão integral e café ou chá.

Para o almoço, siga o hábito alimentar do brasileiro: o famoso arroz e feijão, acompanhado de uma proteína, um legume cozido e muita salada crua. Com certeza este conjunto vai oferecer energia para toda a família. Se você estiver de dieta, apenas reduza as quantidades. O almoço é uma refeição extremamente importante, é a energia garantida para o seu dia.

Para o jantar, você pode fazer refeições leves, como omeletes, saladas, sopas ou mesmo a proteína com legumes e saladas que sobrou do almoço.

Viu só? É muito fácil…

Assim fica fácil fazer a previsão das compras, a família toda sabe o que vai ser a próxima refeição e todos ficam satisfeitos!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA