Água, qual a melhor opção para sua hidratação?

A água sempre fez parte das nossas vidas. Literalmente, sem ela, não vivemos.

Mas qual a dose certa? Qual a melhor opção?

Antigamente  as pessoas buscavam a água para matar a sua sede de vertentes, simples assim, com fontes puras e cristalinas, as pessoas nem pensavam que este tesouro podia acabar…

Hoje, muitas pessoas substituem a água pelo refrigerante, pelo suco, pelo chá, sem pensar que do que o corpo precisa mesmo é de água.

A água é necessária para a formação dos tecidos do corpo, auxilia na digestão, absorção e no transporte de nutrientes. Além de manter a temperatura do corpo estável, ela serve de base para todas as secreções líquidas.

A melhor água é água com um bom pH, isto é, entre 7 e 10 – o melhor pH é entre 7,35 e 7,45, ideal para o bom funcionamento do organismo – uma pequena quantidade de sódio, zinco, cloreto, lítio, nitrato, bário, vanádio, sulfato e bons níveis de outros minerais importantes para a saúde, como o potássio e o magnésio.

Podemos escolher entre vários tipos de água:

Potável: é aquela água que apresenta condições ideais para a saúde humana. Pode ser tratada ou retirada de fontes naturais, não deve ter gosto, cheiro, cor e livre de micooorganismos nocivos. 

Purificada: é a água que passou por purificadores de água. Caso o processo seja garantido, pode ser uma boa opção para reduzir custos e resíduos.

Mineral: são as águas extraídas , envasadas e vendidas por empresas especializadas, caracterizam-se por ter uma grande quantidade de sais minerais.

Dicas para “lembrar”de tomar muita água durante o dia:

  1. Tenha a sua garrafinha de água, com capacidade de 500 ml, é leve, fácil de levar para onde você for, pode ter canudinho acoplado ou bico próprio para beber, assim você não tem desculpa de ter que buscar copo ou garrafa. Ela também serve como medidor, concentre-se em beber 3 destas garrafinhas ao dia, aí fica fácil de controlar.
  2. Leve um copo grande de água para o quarto antes de deitar, você garante a água da manhã e da noite.
  3. Defina sua meta, duas, três ou quatro garrafinhas. E cumpra esta meta diária!
  4. Em festas e restaurante, troque o refrigerante ou suco por água com limão, e lembre-se: em pouca quantidade, durante a refeição não é o melhor horário para tomarmos água, atrasa e dificulta a digestão.
  5. Água aromatizada com ervas e frutas pode ser uma boa opção para tornar o ato de tomar água mais atrativo, use e abuse.
  6. Aplicativos, já existem hoje aplicativos que vão lembrar você de tomar ‘;agua de tempo em tempo.

Tudo é válido para garantir uma boa hidratação, principalmente neste verão!

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA