VITAMINA C, IMPRESCINDÍVEL NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS…

Também conhecida como ácido ascórbico, a vitamina C é um antioxidante essencial para o organismo. Exerce um papel determinante na formação do colágeno, importantíssimo para a recuperação das células dos tecidos orgânicos, gengivas, vasos sangüíneos, ossos e dentes. Ela é tão poderosa, que encara qualquer inimigo, combate desde microorganismos que detonam nossa saúde até os radicais livres. 

   Os benefícios da vitamina C
Essa tão poderosa aliada traz vários benefícios ao nosso organismo. Entre os quais, podemos citar: 

Protege o sistema imunológico e aumenta a resistência do organismo, prevenindo e reduzindo a gravidade e a duração dos sintomas de resfriados. 

Favorece a absorção do ferro, essencial para a saúde dos glóbulos vermelhos do sangue, responsáveis pelo transporte do oxigênio do organismo para os tecidos. 

É essencial para a produção do colágeno, que são as fibras protéicas que formam os tecidos, os sustentáculos das principais estruturas do corpo humano. 

Atua como antioxidante, protegendo as células e os tecidos dos produtos nocivos (radicais livres) das reações bioquímicas que envolvem o oxigênio. 

Inibe a liberação de um hormônio chamado cortisol, causador do estresse. 

Combate a anemia. 

Minimiza os efeitos nocivos da poluição e desintoxica o organismo. 

Estimula a absorção de cálcio, tornando os ossos mais fortes. 

Auxilia na produção de colágeno, a fibra que sustenta nossa pele e nos mantém jovens por mais tempo. 

Previne problemas do coração, tumores e outras doenças ligadas ao envelhecimento. 

   A falta e o excesso
   Como praticamente tudo na vida, a vitamina C também precisa ter um meio-termo. Não se pode ingerir demais nem de menos. Se o indivíduo tiver uma função renal normal, o excesso de vitamina C é eliminado pela urina e por ser uma substância acidificante, pode predispor à infecção urinária por germes que são facilitados pela urina ácida. 

   Já a falta desta vitamina causa uma doença chamada escorbuto (que provoca hemorragia e pode levar à morte) e alterações metabólicas por todo o corpo, podendo levar a um envelhecimento precoce. 

   A quantidade diária
   Como você já sabe, precisamos repor vitamina C, mas qual seria a quantidade ideal? Bem, um adulto normal necessita, em média, de 250mg a 500mg ao dia. Mas há certos momentos na vida que precisamos de mais vitamina C, como por exemplo: 

Desnutridos; Convalescentes de doenças graves ou cirurgias; Pessoas portadoras de doenças graves, como câncer, diabetes, infecções crônicas; Idosos; Fumantes, pois o cigarro destrói entre 25 mg e 100 mg da vitamina no organismo. 

      Os campeões em vitamina C
   Agora que você sabe da importância da vitamina C, não deixe de incluir os alimentos ricos nesse nutriente nas suas refeições. Basta dar um pulinho na feira e vir com o carrinho carregado. Agora, preste atenção em alguns alimentos que contêm vitamina C, em 100 gramas do alimento: 

Acerola – 179mg 

Brócolis – 80mg 

Caju – 219mg 

Couve manteiga – 123mg 

Couve-flor – 28mg 

Goiaba – 80mg 

Hortelã – 64mg 

Kiwi – 168mg 

Laranja – 40mg 

Limão – 30mg 

Manga rosa – 146mg 

Melão – 29mg 

Morango – 72mg 

Nabo – 41mg 

Pimentão amarelo -334mg 

Pimentão vermelho – 166mg 

Rabanete – 40mg 

Salsa – 183mg 

   Da próxima vez que aquela gripe estiver rondando, não se esqueça da vitamina C. Além de ficar imune a esses microorganismos, sua pele ficará maravilhosa!!! 

MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA