HIPERTENSÃO, VOCÊ SABE LIDAR COM ESTE PERIGO QUE CORRE EM SUAS VEIAS?

A hipertensão é considerada a doença do mundo moderno, pois partindo da predisposição, associada a uma vida agitada e aos hábitos alimentares pouco saudáveis seus sintomas começam a surgir lentamente através de dores de cabeça ou simplesmente tonturas, como também só    é descoberta após um infarto ou um derrame.

As estatísticas são alarmantes, no Brasil cerca de 20% dos adultos são acometidos desta doença, às vezes até fatal, e ainda, uma a   cada três pessoas depois dos 50 anos.

Os dados são assustadores, no entanto, é uma doença que pode ser controlada. Para tanto, o primeiro passo é medir a pressão arterial periodicamente, se estiver estiver alta, é bom tomar alguns cuidados   que listaremos a seguir.

O QUE É PRESSÃO ARTERIAL?

A pressão arterial é a força que o sangue exerce sobre as paredes das artérias ao ser bombeado pelo coração. É através do sangue que circula nas artérias que todas as células do nosso corpo são nutridas e oxigenadas.   A hipertensão ocorre quando  a pressão no interior das artérias aumenta, ou porque as artérias perdem a elasticidade ou porque aumenta o volume de sangue circulante, ou ainda pelas duas causas combinadas.

COMO A DOENÇA EVOLUI?

A hipertensão também é chamada de doença silenciosa pois no início não apresenta sintomas. A pressão aumentada vai dilatando os capilares, depois as pequenas artérias, depois as grandes artérias que tem funções vitais no organismo humano. Os resultados são reconhecidos em crises fatais como: derrames, aneurismas, tromboses ou infartos.

QUAIS AS CAUSAS DA DOENÇA?

Pouco se sabe sobre as causas reais da hipertensão. Sabe-se que alterações significativas nos rins, herança genética, stress, nicotina, álcool, obesidade, e pílulas anticoncepcionais são sérios agravantes da doença. Portanto, se você se encaixa em algum destes grupos de risco convém manter um controle periódico de sua pressão a fim de prevenir suas conseqüências.

COMO PREVENI-LA E CONTROLÁ-LA?

Medindo a pressão, não há outra forma de saber se ela está alta ou baixa. A pressão considerada normal é a de 12 x 8. Acima dos 14 x 9 ela já é considerada alta e deve ser tratada.

Para os que estão acima do limite, só há uma alternativa: reformular os  seus hábitos alimentares.

A dieta consiste inicialmente em diminuir as gorduras, sal, álcool e cigarros.

Acompanhar a dieta de exercícios físicos de acordo com as condições físicas do paciente, auxilia no emagrecimento e estimula a circulação  sanguínea.  

O uso de medicamentos pode ser necessário, mas depende de uma avaliação

médica.

O tratamento é simples e eficaz, mas de nada adiantará se o paciente após a melhora, relaxar nos controles alimentares e exercícios físicos. A hipertensão uma vez detectada, é para o resto da vida.

No entanto, se avaliarmos o tratamento, veremos que uma alimentação equilibrada e uma vida saudável afastarão os riscos de agravamento desta doença que faz parte da realidade do mundo moderno criado pelo próprio homem.

RECEITINHA DE UM SAL DE ERVAS

O sal de ervas pode ser utilizado para temperar carnes, aves, peixes e muitos pratos que ganham um sabor incrível sem usar o famoso sal.

INGREDIENTES

1 colher de sopa de orégano

1 colher de sopa de alecrim

1 colher de sopa de manjericão

1 colher de sopa de salsinha seca

½ xícara de sal light

MODO DE PREPARO

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata bem.

Guarde o sal de ervas em um pote ou vidro bem vedado para evitar umidade. E está pronto para usar, sem produtos químicos, pode ser uma boa alternativa para fugir do excesso de sódio no dia-a-dia. Dica: para marinar aves você pode complementar com pimenta-do-reino branca moída e sálvia fresca, para temperar carnes você pode completar com pimenta-do-reino moída, para temperar peixes você pode completar com limão. Enjoy!

DRA. MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA