7 dicas infalíveis para você alimentar-se bem no trabalho

Dia 01 de maio está aí, o Dia do Trabalho.

Custa-nos saber que dos 7 dias da semana, 5 ou 6 são dedicados ao trabalho.

Das 24 horas do dia, de 8 a 10, com deslocamentos e intervalos são dedicadas ao trabalho.

Praticamente 50% da nossa jornada. E mais, considerando que 8 horas estamos dormindo, quase todo o tempo que estamos acordados, estamos no trabalho.

Uma, duas ou três refeições do nosso dia são no ambiente laboral.

Por isto é que penso: precisamos dedicar uma atenção especial a este assunto. Quais os melhores lanches que devo levar? Qual o restaurante que devo escolher? Qual a melhor tele-entrega?

Vemos, nas gavetas dos escritórios, lanches como bolachas, biscoitos, bolos e balas, seriam estas as melhores opções?

Fácil abrir o aplicativo e solicitar um lanche rápido, para ser engolido rapidinho, ao lado do computador, amaciado por goles de refrigerante.

Atitudes como estas tem levado as pessoas à obesidade, a dislipidemias, doenças gástricas entre outras.

O que fazer então? Selecionei algumas dicas que podem ajudá-lo.

  1. Faça uma boa refeição antes de sair de casa, o café da manhã é fundamental para começar bem o dia. Um café passadinho, um iogurte, um pãozinho integral ou um cereal e uma fruta são ideais. Nada de sair de casa sem comer nada…
  2. Leve lanches saudáveis como: frutas, cereais, iogurtes. Uma sacolinha térmica recheada de alimentos saudáveis pode ser a solução, evitando assim lanches industrializados, cheios de sódio ou açúcar.
  3. Organize mentalmente suas refeições de almoço da semana já no domingo, escreva o que você pretende comer na segunda, terça, quarta, quinta e sexta-feira. Ah, isto é bom também para quem não está trabalhando, pois a escolha por impulso geralmente está associada ao seu humor…
  4. Se a sua melhor opção é almoçar na empresa, verifique qual o cardápio que será oferecido, se não estiver dentro das suas necessidades, complemente levando uma salada, um peito de frango ou uma fruta.
  5. Se você recebe ticket refeição, deixe pré-selecionados os restaurantes que o aceitam e faça a escolha mais saudável. Buffet é legal, rápido e barato. Mas é uma opção cheia de armadilhas e tentações, você tem que ir focado, selecionar metade do prato com saladas, um quarto do prato para carnes magras e grãos e outra quarta parte do prato para carboidratos complexos, nada de lasanhas, frituras ou embutidos. Ah, e evite refrigerantes ou bebidas de álcool, vão acabar com a sua tarde. E lembre que não estou falando de emagrecimento, e sim de saúde.
  6. Se você recebe vale-alimentação, a melhor opção é fazer um bom cardápio, fazer a lista de compras baseada no cardápio e programar a sua semana indo almoçar em casa ou fazer marmitinhas saudáveis.
  7. Se para você o mais prático é pedir seu almoço de tele-entrega, escolha bem o que vai pedir, nem pense em lanche, escolha a opção mais saudável possível, de preferência uma salada ou um prato equilibrado com um carboidrato, uma carne e uma guarnição. Para beber, nada ou um suco bem natural.

Com certeza, com estas dicas o seu trabalho renderá mais e você conseguirá produzir o seu melhor, sem cometer os exageros que deixam sua tarde longa e pesada. Ou mesmo a falta de opção de comida adequada que lhe deixa fraco toda a tarde e chega em casa morrendo de fome, assaltando os armários e geladeiras, cometendo graves erros alimentares.

O bem-estar do corpo e da mente depende apenas das nossas escolhas, sejam elas saudáveis ou não…

DRA. MARLISE POTRICK STEFANI

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING |

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA