Volta às Aulas, como fica a alimentação do seu filho?

A alimentação de uma criança já é muito complicada, quando se fala em férias e a volta dela é que nossas dúvidas surgem.

Como fazer os baixinhos voltar a ter horários e regras em sua alimentação?

O importante é retomar os horários de alimentação, composto basicamente por um bom café da manhã, um lanche intermediário no meio da manhã e da tarde, um almoço rico em carnes magras e vegetais e um jantar leve , como um sanduíche colorido com alface, tomate e cenoura.

 Balas, doces, refrigerantes e fast-foods 

   Esses deveriam ser alimentos restritos não só para as crianças, mas também para nós, adultos. Não há, sequer, uma quantidade saudável… “é um prazer ‘perigoso'”. Lactentes jamais devem comer essas “besteiras”; crianças que estiverem na primeira ou segunda infância, devem comer com muita moderação. 

   Claro que isso é um hábito que se inicia em casa, desde a pós-lactação e não deve ser restrito à criança. O ideal é que toda a família deixe para saborear esses “monstros” apenas nos finais de semana e, de preferência, fora de casa. 

   Outro problema que assombra médicos e nutricionistas são os lanches na escola. Isso porque, os lanches oferecidos pelas cantinas são um dos fatores principiantes da obesidade infantil, associado a pouca atividade física. Para esta refeição, a criança deve ingerir, preferencialmente, “uma a duas frutas, tolerando-se um sanduíche simples com carne, pão e sem temperos… um suco de frutas e água”. 

   O que fazer e o que não fazer 

   Algumas recomendações básicas que devem ser seguidas pelos pais quando começarem a introduzir alimentos sólidos nas refeições de seus filhos: 

  • Evite consumo excessivo de sal, açúcar e condimentos; 
  • Ofereça sempre alimentos diversificados, controle a quantidade que será ingerida para que não ocorra excessos; 
  • Estimule o consumo de frutas, verduras e cereais; 
  • Faça pelo menos 5 refeições ao dia (desjejum, lanche, almoço, lanche da tarde, jantar) poderá ser acrescido de ceia; 
  • Evite o consumo de alimentos muito ricos em gorduras ou colesterol, reduzindo o consumo de frituras, carnes gordurosas, vísceras, banha; 
  • Introduza novos alimentos à rotina das crianças pouco a pouco, se algum alimento não agradar, não insista, mas tente outra vez em outra oportunidade explicando que usou nova preparação e importância de cada alimento; 
  • Sirva porções pequenas e fáceis de comer; 
  • É durante a infância que os hábitos alimentares são formados, é nesta fase que o ser humano inicia a autonomia para selecionar, que quer e recusar o que não quer. E isto deve ser respeitado. 
  • Não use alimento como castigo ou como recompensa para não confundi-los com os motivos reais da boa alimentação; 
  • Prepare as crianças antes de cada refeição para que estejam limpas e tranqüilas à mesa; 
  • O ambiente das refeições deve ser sempre cordial. Não aproveite este momento para aplicar sanções ou resolver problemas que causem atritos; 
  • Todas as crianças, independente da fase que estão passando, seja bebe, pré-escolar, escolar, adolescente, podem sofrer variantes em seu interesse por alimentos, sejam eles falta de apetite, gula, falsa intolerância, preferencias por determinados alimentos, etc.; 
  • Cada criança é um universo e como tal deve ser respeitada dentro de suas preferências e hábitos. O importante é mostrar que o alimento saudável deixa-a imune a doenças e revigora seu corpo para o desempenho de todas as atividades que ela quiser desempenhar. 

   Não se esqueça que os pequenos aprendem pelo exemplo, ou seja, a família deve seguir, pelo menos na frente da criança, os padrões ou conduta que quer que ela aprenda. 

RECEITA DE UM LANCHE LEVE PARA O SEU FILHO

SANDUÍCHE COLORIDO

3 fatias de pão integral 

2 colheres de requeijão

3 colheres de atum em água e sal

1 folha de alface

1 colher de cenoura crua ralada

1 colher de beterraba crua ralada

1 colher de milho verde

1 colher de ervilhas

Misturar o requeijão e o atum.

Colocar a pasta de atum em uma fatia de pão.

Cobrir com milho e ervilha.

Colocar a outra fatia de pão, colocar a alface e a cenoura e a beterraba ralada.

Finalizar com a outra fatia de pão.

Se for servir de lanche em casa, colocar em um prato e colocar cenoura e beterraba raladas para decorar o prato.

OBS. Você pode substituir o atum por frango desfiado, carninha moída ou desfiada ou proteína de soja.

Se for mandar de lanche para a escola, embalar em vitafilme.

DRA. MARLISE POTRICK STEFANI 

NUTRIÇÃO | GERIATRIA | COACHING | 

QUALIDADE DE VIDA | GASTRONOMIA

Inscreva-se no meu blog: http://www.nutrichefmarlisestefani.com

Assim, você terá todos os artigos e receitas catalogadas para quando quiser pesquisar. Aguardo você lá!